quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Como surgiu o conceito de bioética.

A Bioética tem aproximadamente três décadas de existência. Acredita-se que as duas pessoas que criaram o termo foram Van Rensselaer Potter e A. Hellegers. O movimento Bioético começou em 1970 nos Estados Unidos (em 1972 foi oficializada), já na Europa em 1980, a partir de 1990 na Ásia e em de meados da década de 1990, em outros países em desenvolvimento. A bioética pode ser dividida em três estágios. No início também era chamada de Protobioética (1960-1972) em que a linguagem dos valores humanos era predominante. A religião e a teologia tinham um papel insignificante. Porém a desumanização da medicina era crescente, pois a ciência e a tecnologia passavam a evoluir cada vez mais. Para diminuir essa desumanização foi necessário infundir "valores humanos" na educação de médicos e enfermeiros. Já no segundo estágio (1972-1985), denominado de "ético" ou Bioética Filosófica. Passa a assumir um papel dominante quando o desenvolvimento da pesquisa biológica passa a evoluir rapidamente. Quando os médicos passam a fazer experiências e os dilemas começam a surgir se vê a necessidade de intervir e de se ter uma analise mais rigorosa quanto a essas práticas. No terceiro estágio, chamado da Bioética Global (1985 até o presente), os problemas se ampliaram muito. As questões a serem analisadas nessa fase vão desde genética, biologia molecular, ética profissional no leito do doente e também englobam as políticas sociais e a ética da saúde.

Patrícia França

Nenhum comentário: